Notícias

"ESSES JOVENS SÃO ESTRELAS POSSUIDORAS DE LUZ PRÓPRIA, POR ISSO BRILHAM"

| 28 DE NOVEMBRO DE 2017 | 278
O Projeto Jovens Ambientalistas lançado no município de Pacujá, Estado do Ceará, está inserido dentro das "diretrizes e procedimentos" da Educação Ambiental Como Fator de Integração Sócio, Cultural e Ambiental, COLUNA MESTRA do trabalho do município no tocante as Políticas Públicas Ambientais resumido em duas palavras chaves e fortes: "ECO PACUJÁ", que trabalhará o resgate dos erros cometidos contra o Meio Ambiente que prejudicaram sobremaneira o Bioma Caatinga com queimadas, desmatamentos, uso indevido do agrotóxico e poluição. Árdua tarefa porém possível, quando se tem ATITUDE e DECISÃO POLÍTICA, aqui tem disso!

Ao todo, são quatro grupos de Jovens Ambientalistas enraizados na sede do município e nas comunidades de BOM GOSTO (Bioma Caatinga com um lastro preservado que nos impressiona e as nascentes fazem o diferencial), ZIPÚ (Bioma Caatinga praticamente protegido, com nascentes e Sítio Paleontológicos, cavernas, etc.), BATOQUE (É uma comunidade quilombola que mantém viva a tradição de seus antepassados, praticam uma agricultura sustentável e uma das poucas comunidades que mantém uma casa de sementes).

Todos os integrantes são oriundos de escolas públicas municipais e estaduais que estão engajados na luta pela preservação ambiental, pelas práticas conservacionistas, pela mudança cultural em relação ao Bioma e ao semiárido.

A meta central do projeto é a construção da conscientização da comunidade de forma participativa, acompanhamento e monitoramento das ações trabalhadas pelos jovens, conhecimento sobre a importâncias das atividades sustentáveis, arranjos produtivos que gerem ocupação e renda nas comunidades, trabalhar o potencial turístico de cada comunidade; sensibilizar as autoridades e comunidades; incentivar atividades através de cursos de pequena duração, seminários, oficinas, campanhas educativas e o intercâmbio entre as comunidades trabalhadas; trabalhar o fortalecimento do Conselho Municipal de defesa do Meio Ambiente-COMDEMA e trabalhar a elaboração do Plano Municipal do Turismo Sustentável para que o município seja o condutor e o guardião dos bens ambientais em seu território, estabelecendo normas e procedimentos para exploração da atividade turistica sustentável e fazer valer sua autoridade como um ente federativo. Os bens naturais seja ele de natureza arqueológica, paleontológica, ambiental ou arquitetônica é da responsabilidade do Município de Pacujá e caberá a ele zelar e cuidar desses bens que são Patrimônio Nacional.

Aos Jovens Ambientalistas, caberá também, a responsabilidade pela difusão das atividades trabalhadas, dividir com as comunidades conhecimentos adquiridos e se fortalecerem como cidadãos e futuros profissionais de sucesso.

"SOMOS FORTES PORQUE TRABALHAMOS UNIDOS E MEIO AMBIENTE SE FAZ COM AÇÕES"

 

Deixe seu comentário

NOTÍCIAS MAIS RECENTES

#Prefeito | 25 DE OUT DE 2018 | 104
#Audiência | 25 DE OUT DE 2018 | 100
| 01 DE OUT DE 2018 | 126
| 05 DE SET DE 2018 | 169